Rigon informa que novo prazo expirou há 15 dias e UEM e outras universidades estaduais ainda não apresentaram proposta alternativa ao Meta 4

Por: - 9 de novembro de 2017

O prazo de 90 dias que havia sido acordado no início de junho deste ano entre o governo do Estado e três universidades estaduais do Paraná, entre as quais a UEM, expirou há 15 dias e até o momento nenhuma proposta alternativa ao Meta 4 foi apresentada. É a segunda vez que o prazo estabelecido pelo governo deixa de ser cumprido pelas universidades, informa o jornalista Angelo Rigon em seu blog.

Veja também reportagem do Maringá Post publicada no dia 19 de setembro, sob o título “Mesmo com atraso, UEM deve apresentar proposta de autonomia ainda nesta semana“.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.