Massagem para cães – Dores nas costas, tensão nos ombros e pescoço, estresse, já se viu nessa? Pois um ou mais desses sintomas, podem acontecer com o seu pet em qualquer momento da vida deles.

Tirando as patologias, vários fatores são desencadeantes de dores e contrações musculares fora do normal. Situações comuns do dia a dia desses animais podem gerar estresse emocional, mas também o estresse muscular, até nas atividades que, num primeiro momento, causam alegria aos nossos amados pets e seus donos.

Como exemplo, tem a brincadeira do pegar a bolinha, ainda mais se o corre-corre acontecer em pisos lisos. Saltos em altura, escaladas e outras atividades, também podem afetar. Não, você não tem que parar de brincar. É só tomar cuidado com alguns detalhes, pois eles precisam de divertimento também para aliviar o estresse.

Que sorte que eles não pegam trânsito, não tem horário para compromissos, e nem ligam para a alta ou baixa do dólar ou crise financeira! Mas mesmo sem as preocupações dos “pais” humanos, os pets sofrem com os sintomas de estresse que afetam diretamente o bem-estar dos nossos queridos.

A massagem para animais, massoterapia, teve início a partir de 1950 nos Estados Unidos, inicialmente sendo realizada em cavalos. Ao longo das décadas, e com resultados positivos, foi estendido aos outros animais. A partir de 1970, passou a ser praticada em cães nos Estados Unidos e Reino Unido, e hoje já é realidade mundial. No Brasil, teve início em 2013.

A massagem pode ser relaxante ou terapêutica, esta última é uma forma alternativa, uma terapia complementar utilizada para minimizar ou tratar problemas no sistema muscular canino, seja decorrente de doenças primárias como artrose ou displasia, ou outras situações que gerem desconforto ou dor muscular ao animal.

A massagem de bem-estar, também chamada relaxante e anti- estresse, utiliza técnicas de acordo com a anatomia e fisiologia do animal, indicada para todas as fases da vida.

Atua através do efeito mecânico, e também psicológico, pois toca a pele e os tecidos superficiais. Como resultado, beneficia o corpo e a mente do cão, proporcionando conforto e bem-estar, melhorando a condição emocional reduzindo a ansiedade do cão e os níveis de estresse.

Essa sensação geral de conforto melhora também a socialização do cão, e aumenta a confiança e o vínculo afetivo com quem aplica a massagem, que pode ser, inclusive, o próprio dono.

A massagem relaxante em cães é um coadjuvante a muitos tratamentos, e numa análise mais subjetiva, vai além dos benefícios ao animal tocado, ela reflete amor e luz a todos que estão ao seu redor.