Teste de DNA em cães e gatos

Teste de DNA em cães e gatos

Análises genéticas feitas com base em DNA revelam uma abundância de informações valiosas sobre o seu animal, incluindo identidade individual, paternidade, pedigree, similaridade genética a outros animais e uniformidade de linhagem de sangue. Eventualmente, cada animal possui a sua própria identidade. Animais frequentemente se parecem, mas de fato eles podem ser tão diferentes um do outro como o são os seres humanos.

Todo código genético de um animal é representado por um código único, que refletirá a individualidade daquele animal. Este perfil genético é como se fosse um distintivo entre animais da mesma espécie e raça, tal como é o da impressão digital entre os humanos. A análise de DNA utiliza-se das diferenças e semelhanças entre amostras de DNA provenientes de diferentes animais, para determinar traços tais como paternidade e uniformidade de linhagem de sangue.

Coleta de DNA – Swab

Testes genéticos são previamente requisitados através da coleta de sangue. No caso de cães e gatos, é necessário somente esfregar a superfície interna da boca do animal por aproximadamente 20 segundos, com uma escova com cerdas bem macias, também chamada de “”SWAB”.

Esse perfil, chamado de genótipo, é analisado digitalmente através da utilização de um sistema de computação. Um analista profissional examinará cuidadosamente e interpretará os resultados dos testes. Para completar o serviço, o resultado dos exames do animal será documentado sob a forma de um “CERTIFICADO DE ANÁLISE POR DNA” preciso e atraente.

O que a análise por DNA pode fazer hoje:

  • Estabelecer identidade genética permanente à prova de falsificações
  • Assegurar a integridade do registro genealógico
  • Verificar paternidade em inseminação artificial
  • Classificar e separar crias de coberturas com vários padreadores
  • Assegurar a reputação dos bons criadores
  • Promover avanços futuros na área de criação animal.O que o DNA não pode fazer:
  • Promover uma identidade instantânea.
  • Determinar data de nascimento.
  • Identificar animais pela raça.
  • Predizer comportamentos e características.
  • Diagnosticar Displasia coxofemoral (no caso de cães)
  • Selecionar “as mais promissoras crias”O que o DNA poderá prover no futuro:
  • Triagem genética para características de interesse
  • Doenças genéticas
  • Caracteres positivos
  • Seleção genética de animais para melhoria de linhas de sangue
  • Avaliação uniforme de linhas de sangue
  • Animais melhores e mais saudáveis

Laboratório Cepav – SP
www.cepav.com.br