Hospitais veterinários

Hospitais veterinários

Não é raro acontecer uma situação em que o proprietário não encontra o seu veterinário de confiança num momento de emergência, à noite ou num final de semana. E a vida do animal pode depender de um pronto atendimento. A quem recorrer nesse caso? Se fosse uma pessoa, nós a levaríamos ao Pronto-socorro de um hospital. Pois os animais também dispõem desse serviço.

De acordo com resolução do Conselho Regional de Medicina Veterinária, os Hospitais Veterinários devem funcionar obrigatoriamente em período integral (24 horas), com a presença permanente e sob a responsabilidade técnica de um Médico Veterinário.

Na cidade de S. Paulo, existem hospitais veterinários muito bem estruturados, que pouco ficam devendo aos serviços prestados às pessoas. Estão equipados para atender desde consultas simples até emergências e internações, em qualquer horário, inclusive feriados.

Filhote sob cuidados intensivos

Os mais sofisticados contam com unidades de terapia intensiva (UTI), onde os animais são monitorados 24 horas quanto à pressão cardíaca, pressão arterial, temperatura e ventilação pulmonar (respiração). Os filhotes que requerem cuidados especiais, dispõem de incubadoras, aparelhos humanos, adaptados às necessidades dos animais.

Os hospitais veterinários realizam a maioria dos exames necessários para auxiliar o veterinário no diagnóstico. Assim, um laboratório clínico, aparelhos de Raio X, Ultra-som, Ecodopplercardiograma, Endoscopia e outros, devem estar presentes nesses estabelecimentos.

Com a especialização da medicina veterinária, os animais atendidos são encaminhados e profissionais capacitados, nas diversas áreas de diagnóstico e tratamento (endoscopia, video-laparoscopia, dermatologia, oncologia, oftalmologia, reprodução, neurologia, endocrinologia, cardiologia, ortopedia, etc..), bem como terapia (fisioterapia, acupuntura, florais de Bach, homeopatia, reabilitação e outros). Esses profissionais atendem no próprio hospital, auxiliando a recuperação do animal.

Em razão de uma grande estrutura montada e vários profissionais atuando, os valores cobrados pelos hospitais, normalmente, são maiores do que aqueles praticados pelas clínicas veterinárias – exceção feita aos ‘hospitais escola’ das faculdades de veterinária que não funcionam 24 horas. As consultas e serviços, à noite, também têm preço diferenciado, superior a dos horários normais. E o horário de pico de atendimento nos hospitais  veterinários está entre 19:00 às 23:00hs, muitas vezes com grande movimento até as 2:00 hs da madrugada.

É importante ter um profissional de confiança cuidando de seu animal, mas na falta dele, é interessante conhecer o hospital veterinário mais próximo e saber como está estruturado, no caso de seu animal precisar. E lembre-se, hospital veterinário deve ter um profissional no local 24 horas por dia, atendendo e cuidando dos animais internados. Informe-se sobre os serviços oferecidos por esses estabelecimentos perto de sua casa.