Gatos – o que fazer quando o seu desaparecer?

Perdi meu gato!!!

Não há medo maior para um proprietário do que a perda ou desaparecimento de seu animal. E não é uma coisa impossível de acontecer.
Lembrando que os gatos não castrados desde filhotes habituam-se a sair para passeios e podem desaparecer.

Se isso acontecer, o que fazer?

Identificação para animais
Se o seu gato tem uma identificação será muito mais fácil encontrá-lo. Embora o gato seja arredio ao uso de coleiras, você pode tentar acostumá-lo desde filhote,
ou usar outro método de identificação.

Tipos de identificação:
Plaquinhas: as convencionais plaquinhas penduradas na coleira são um método barato e eficaz. Gravando na placa o nome e o telefone do proprietário, fica bem fácil devolver o gato.
Microchip: através da implantação de um pequeno microchip sob a pele do animal, o gato fica registrado em uma central que detém todas as informações do animal e do proprietário. É um método que permite também a identificação de animais roubados, pois não há como alterar o microchip.

Quem achou
Quando o animal não tem identificação, fica mais difícil e às vezes impossível o seu retorno para casa. Quem acha um gato perdido deve comunicar às clínicas veterinárias e pet shops das imediações, pois o animal, provavelmente, é cliente de uma delas.

Quem perdeu
O proprietário deve procurar no Serviço de Zoonoses da sua cidade (carrocinha) imediatamente. Mesmo que o gato não esteja lá, comunique as características do animal e deixe um telefone para contato. Animais resgatados das ruas tem um prazo de 3 a 5 dias para serem localizado pelo dono. Do contrário é sacrificado!

Contate todas as clínicas veterinárias e pet shops do bairro e redondezas. Quem acha um animal perdido normalmente se dirige a um desses lugares para deixar o animal, obter informações ou tratá-lo, em caso de acidentes (atropelamentos, p.ex.). Faixas, cartazes em locais públicos como bares, supermercados e bancas de jornal são um bom caminho para que a pessoa que achou o gato possa saber como devolvê-lo.

A maioria dos gatos não castrados tem o costume de sair para passear ou ir em busca de fêmeas no cio. Os animais nessas condições costumam voltar, pois os gatos tem um grande senso de direção. Porém, não são raros os animais que não voltam para casa ou, quando voltam, apresentam muitos ferimentos ocasionados por brigas com outros gatos. Assim, para manter o seu gato em segurança, a castração é o método mais seguro.

Consulte: Achados e Perdidos