Doenças em tartarugas – Hipovitaminose A

Hipovitaminose A

SEMPRE que um animal ficar doente, ele deve ser submetido à avaliação de um médico-veterinário. Desta forma, não será abordado aqui nem diagnóstico, fisiopatologia, muito menos terapêutica dos quelônios. Isso sempre deve ficar à competência do profissional. Destacamos algumas características de enfermidades que são comuns no cativeiro, para que o proprietário que possui um quelônio tenha discernimento para levar seu animal a uma consulta veterinária.

A hipovitaminose A é comumente vista em tartarugas alimentadas somente com carne bovina e alface. Clinicamente, o animal mostra inchaço dos olhos, ficam sem apetite, têm corrimento nasal e predispõe a doenças respiratórias graves.

O diagnóstico acurado deve sempre ser feito pelo médico-veterinário com auxílio de citologia dos exsudatos, radiografia, etc. Se seu animal tem estes sinais clínicos, procure um médico-veterinário de sua confiança.

Esta é uma das enfermidades mais comumente observadas em cativeiro. Evidentemente, existe uma infinidade de outras doenças que acometem os quelônios. Qualquer perturbação da normalidade do animal deve ser esclarecida através de uma consulta com um médico-veterinário.