Cão ou gato com dente quebrado

Cão ou gato com dente quebrado – o que fazer?

Se o seu dente quebrasse, você iria ao dentista, certo? Com os animais não é diferente, eles também necessitam de serviço odontológico. Existem veterinários especializados em odontologia animal, que podem ajudar seu amiguinho. Os dentes mais acometidos por fratura são o quarto pré-molar superior nos cães e os caninos, tanto em cães quanto em gatos.

Mas se o animal não apresenta dor, por que tratar o dente?

O primeiro procedimento a ser realizado em um dente fraturado é o tratamento de canal, pois o nervo fica exposto e o animal sente dor. Mesmo em casos de fratura antiga, onde o dente já não tenha mais sensibilidade, faz-se necessário o tratamento. Mas, diferente do que é feito em humanos, nos animais esse procedimento é realizado em uma única seção, pois necessita de anestesia geral.

Mesmo que o animal consiga se alimentar normalmente, o dente fraturado necessita de cuidados. O dente pode ter morrido, mas a abertura existente no local da lesão serve como porta de entrada para as bactérias atingirem a corrente sangüínea e se espalharem por todo o organismo.

É possível recuperar o dente quebrado?

Para restabelecer a forma e a função dos dentes, podemos lançar mão de vários métodos de reconstrução. Existem alguns tipos de prótese, onde as mais utilizadas são as coroas de metal ou cerâmica. Para tanto, o animal deve ser anestesiado para tratar o dente e em seguida fazer um molde da boca para mandar ao protético, o qual irá confeccionar a coroa, que será afixada ao dente em uma segunda seção.

Coroas metálicas adaptadas nos dentes fraturados

Também é possível refazer a coroa com o uso de postes intra-radiculares e pinos parapulpares, que receberão sucessivas camadas de resina, até recuperar a forma do dente. Mas devemos considerar que a reconstrução da coroa deve ser sempre ligeiramente mais curta que o dente original, para evitar excesso de tensão exercida pelas forças da mastigação.

Atualmente vem se utilizando também a colagem dental. Essa prática requer um banco de dentes para que se possa escolher o mais parecido com o dente natural do animal, em formato e coloração.

O dente reconstruído pode fraturar outra vez?

O fornecimento de ossos longos naturais é responsável por grande parte das fraturas dentais em cães. Um dente reconstruído, por mais forte que seja, também pode fraturar se não forem respeitados certos limites. Mas os cuidados após a reconstrução da coroa não diferem dos cuidados básicos para cães saudáveis. Ao fornecer ossos ao seu cão prefira os artificiais, feitos de couro comestível, ou então vértebras caudais de bovino. E faça visitas regulares ao veterinário para garantir a saúde do seu animal e detectar qualquer tipo de problema o mais cedo possível, facilitando assim seu tratamento.