Vacinas estragadas causaram prejuízo de R$ 500 mil

Por: - 21 de novembro de 2018

O prejuízo com as vacinas estragadas na secretaria de Saúde de Maringá por falta de energia no último final de semana foi estimado em R$ 500 mil.

Segundo o secretário Jair Biatto, foram perdidas 34,3 mil doses de 19 tipos de vacinas, que estavam nas 12 geladeiras da Sala de Vacinação.

Confira o que informou por e-mail ao Maringá Post (MP) a secretaria estadual de Saúde (Sesa):

MP – Quando foi feito o último repasse de vacinas da Regional de Saúde de Maringá para a secretaria municipal?

Sesa – O último repasse de vacinas foi feito em 9 de novembro deste ano.

MP – Foram quantas doses?

Sesa – 16.753

MP – Para quando está programado o próximo repasse? Serão quantas doses?

Sesa – Para hoje, 20 de novembro, com mais 35.920 doses.

MP – Quais os tipos de vacinas são repassados para crianças, adolescentes, adultos e idosos?

Sesa – O calendário de vacinação preconiza 19 vacinas, que contemplam crianças, adolescentes e idosos

Os repasses da Regional de Saúde para as secretarias municipais são feitos mensalmente, sempre na primeira dezena do mês.

Já a secretaria municipal de Saúde abastece as Unidades Básicas de Saúde de Maringá semanalmente.

Uma sindicância vai apurar o que ocorreu com o gerador da Sala de Vacinação, que teria funcionado por cerca de 2 horas e desligado em seguida.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.