Áreas de utilidade pública na região do aeroporto de Maringá

Por: - 16 de julho de 2018

Os decretos editados em 2002, com declarações de utilidade pública de cerca de 350 alqueires próximos ao aeroporto de Maringá, vêm sendo sistematicamente renovados a cada cinco anos, mas até agora não geraram nenhuma desapropriação.

Mais uma renovação acaba de ser publicada em órgão oficial e trata de duas áreas, uma relativa a 47,1 mil m² e outra a 17 mil m², ambas na Gleba Ribeirão Paiçandu.

As desapropriações, que segundo legislação citada nos decretos pode ser “em regime de urgência”, é para a implantação da Agência Nacional de Aviação Civil.

Explica o secretário-chefe de Gabinete, Domingos Trevizan:

É uma espécie de reserva, a ser desapropriada se houver necessidade. Os proprietários estão reclamando que a área é exagerada.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.