Licitação suspensa novamente

13 de julho de 2018

Nova decisão cautelar do conselheiro Fabio Camargo, do TCE-PR, determinou a suspensão do pregão presencial da secretaria estadual da Administração e da Previdência para a contratação de empresa para administrar o sistema de gerenciamento de empréstimos consignados feitos por servidores estaduais.

O preço da contratação previsto era de R$ 7,830 milhões. O conselheiro já havia acatado representação da Associação Brasileira de Bancos e determinado a suspensão do pregão em novembro de 2017, em razão do risco da existência de assimetria de informações na licitação, que comprometeria a isonomia entre os licitantes.

Agora, Camargo acatou nova representação da Expressocard Administradora de Cartões S.A., mantendo a suspensão e dando 15 dias para que a secretaria apresentar defesa.