Desconto de R$ 0,46 no diesel só depois do dia 15

Por: - 6 de junho de 2018

Portaria do governo federal publicada nesta quarta-feira (6/6) determina que os postos de combustíveis exibam, em lugar visível, o preço do litro de óleo diesel praticado no dia 21 de maio, data de início da greve dos caminhoneiros. E o preço com os R$ 0,46 de descontos negociados com os caminhoneiros.

Em entrevista na CBN na manhã desta quarta, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que o desconto de R$ 0,46 nas bombas deve se generalizar no país a partir do dia 15, quando as secretarias estaduais de Fazenda farão a revisão quinzenal da pauta do ICMS.

No momento, na maioria dos Estados, o ICMS continua incidindo nos R$ 0,46 reduzidos nas refinarias e distribuidoras. Cada Estado tem uma alíquota do imposto, que vai de 12%, caso do Paraná, a 25%, no Pará. Aqui, o governo concedeu um desconto por 60 dias no imposto que deve impactar em 4 centavos na bomba.

Inicialmente, a redução do diesel nos postos que reabasteceram os estoques gira em torno de R$ 0,41. Explica-se: 10% do diesel vendido nas bombas é de biodiesel, que não baixou de preço. Apenas quando o ICMS deixar de ser cobrado sobre o desconto concedido nas refinarias e distribuidoras, os R$ 0,46 prometidos pelo governo chegarão às bombas.

A conferir.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.