Golpes no Contorno Sul Metropolitano

Por: - 5 de junho de 2018

A licitação realizada em fevereiro de 2016 pela Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) foi vencida pelo Consórcio Castilho-J. Malucelli, por R$ 294,9 milhões.

Depois de uma série de recursos e recomendações do Tribunal de Contas da União, a licitação para as obras do Contorno Sul Metropolitano de Marialva – Sarandi – Maringá – Paiçandu foi anulada na semana passada.

Outro golpe, na mesma semana, foi a retirada de R$ 49 milhões do Orçamento de 2018, para subsidiar a redução do óleo diesel.

As obras do Contorno Sul Metropolitano tinham R$ 70 milhões assegurados no Orçamento deste ano. Perdeu R$ 49, restam R$ 21 milhões.

O deputado federal Ricardo Barros (PP) acredita que, tecnicamente, ainda é possível uma nova licitação ainda este ano. Disse que está trabalhando nesse sentido, para não perder o pouco que restou.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.