A rede Wi-Fi de bares e aeroportos pode ser perigosa

Por: - 13 de agosto de 2019

Quase todos os lugares públicos têm uma conexão wi-fi aberta para a clientela. Bares, Shoppings centers e até aeroportos. Essa comodidade passou a se tornar um serviços obrigatório. Estamos inegavelmente dependentes da internet.

A verdade é que pode ser perigoso conectar-se à redes wi-fis públicas; principalmente em espaços aonde muita gente transita, como um hotel e cadeias de restaurantes. Uma coisa que é tão útil pode se tornar numa dor de cabeça caso um hacker consiga invadir o seu celular ou computador e roubar as senhas do seu email, cartão de crédito e redes sociais.

Ataque Man-In-The-Middle

O golpe mais aplicado em lugares com uma grande afluência de pessoas é o MITM (Man-In-The-Middle). É muito fácil de aplicar e igualmente fácil de sofrer este ataque.

O invasor cria uma rede falsa com o nome quase igual à rede verdadeira. Por exemplo: “mc_donalds_1” e o utilizador, desavisadamente, entra nessa Wi-Fi. Tudo que é escrito e visitado passa pelo hacker que recolhe todos os dados do utilizador, como nome de usuário e senha. Descubra mais sobre esse ataque.

A rede Wi-Fi de bares e aeroportos pode ser perigosa

A VPN pode resolver

Algumas redes são protegidas, codificando todos os dados inseridos pelo utilizador e que são transmitidos de um dispositivo para outro. A Rede Privada Virtual ou VPN funciona como uma camada de proteção para tudo que você digita na internet.

Se você possui uma VPN, mesmo que acesse uma rede wi-fi falsa, vai ter as suas informações pessoais protegidas. Incluindo conversas em aplicativos como Whatsapp e Telegram, fotos pessoais, senhas e sites visitados. Certifique-se de adquirir uma VPN que também funcione para celular e não apenas para o computador.

Evite utilizar uma VPN gratuita porque a maioria delas vende os dados dos utilizadores para empresas de propaganda online. O que faz com que você não tenha a privacidade garantida. Outro fator importante sobre as redes privadas virtuais gratuitas é que a velocidade da conexão é muito lenta, porque elas têm poucos servidores para oferecer e muitos usuários online ao mesmo tempo.

Outras vantagens da Rede Privada Virtual

Este aplicativo, além de proteger os dados dos utilizadores de ataques informáticos e roubos de dados, traz várias outras vantagens para quem tem um.

A VPN permite ao usuário alterar a localização virtual de onde está. Se você está no Brasil mas quer entrar num site que só esteja disponível nos Estados Unidos, por exemplo, basta alterar a localização no aplicativo e poderá ver sites americanos com transmissões de jogos ao vivo, notícias em tempo real, promoções de lojas online e até acessar a Netflix dos Estados Unidos que tem mais do que o dobro da quantidade de filmes e séries de TV que o nosso país tem.

  • Viajar com passagens mais baratas

Cada país tem um preço de passagem de avião diferente. As companhias aéreas definem o preço de acordo com o poder aquisitivo e procura. A Holanda é um dos países com a passagem de avião mais cara do mundo enquanto que a Malásia tem as passagens mais baratas de todas.

Sabendo disso, você pode comprar a mesma passagem por até metade do preço.

A rede Wi-Fi de bares e aeroportos pode ser perigosa
  • Hotéis mais baratos

Também é possível reservar quartos de hotéis bem mais baratos seguindo a mesma lógica das passagens de avião. A indústria hoteleira faz o mesmo e divide os países em mercados; cada qual com o seu valor.

Recentemente vimos o episódio das gravações das conversas vazadas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol através do aplicativo de mensagens Telegram. Isto é mais do que uma prova de que ninguém está imune de ter o celular ou computador invadido por hackers. Desta forma, torna-se fundamental garantir a segurança dos seus aparelhos e privacidade das suas conversas protegidas.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.