Maringá em epidemia de dengue

Compartilhar

Foto: Thinkstock/VEJA/VEJA

Maringá está em epidemia de dengue, mas descarta situação de emergência, por enquanto

A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde de Maringá. Em uma semana, o número de casos praticamente dobrou em Maringá. De pouco mais de 400 e atualmente a cidade registra agora 729 casos confirmados de dengue, isso em apenas uma semana. São mais de quatro semanas consecutivas com aumentos significativos nos casos de dengue em Maringá. O número total de casos chega a 2.950 casos confirmados de dengue. A tendência, portanto, é que haja um aumento nos próximos dias de casos de dengue na cidade.

Zoonose intensifica fiscalização em imóveis e terrenos

A gerência de Zoonose de Maringá está investindo mais em fiscalização em imóveis e terrenos: em 2023, foram feitas 177 notificações em proprietários de imóveis, número que se transformou em 52 multas, totalizando quase R$ 60 mil. Em 2024, foram feitas 64 notificações e 10 multas para proprietários de terrenos com entulho e mato alto ou também imóveis com piscinas mal conservadas. De acordo com o último Lira, o maior foco de água parada e proliferação da dengue está em imóveis particulares.

Prefeitura recorre à Justiça para lidar com imóveis abandonados

O valor da multa é de R$ 1 mil e pode aumentar em até 1,5 vezes na reincidência. Em casos extremos, quando nem notificação e nem a multa resolvem, a Prefeitura de Maringá está levando os casos para a Justiça ou ao Ministério Público, para que seja tomada uma medida judicial naqueles imóveis, especialmente imóveis vazios. Há um imóvel vazio em Maringá que o proprietário já foi multado 12 vezes.


Compartilhar

Autor

Notícias Relacionadas