Câmara de Maringá aprova autorização de empréstimo de R$ 200 milhões para a Prefeitura; Veja como votou cada vereador

Câmara de Maringá
Compartilhar

Projeto foi aprovado na sessão desta terça-feira (6) por 9 votos a 5. Legislativo recusou uma emenda da vereadora Cris Lauer (Podemos), que pedia que a lista das obras a serem executadas com os recursos fosse incluída no texto final.

Por Victor Ramalho

A Câmara de Maringá aprovou, por 9 votos a 5, o projeto da Prefeitura que pede autorização para contrair um empréstimo, de até R$ 200 milhões, com a Caixa Econômica Federal. A votação ocorreu na sessão desta terça-feira (6).

Todos os vereadores estavam presentes. Votaram a favor da aprovação do empréstimo os vereadores Adriano Bacurau (Rede), Alex Chaves (MDB), Altamir dos Santos (Podemos), Belino Bravin (PSD), Delegado Luiz Alves (Republicanos), Doutor Manoel (PL), Mario Verri (PT), Onivaldo Barris (União Brasil) e Sidnei Telles (Avante).

Contrários ao empréstimo, votaram os parlamentares Maninho (PDT), Professora Ana Lúcia (PDT), Paulo Biazon (União Brasil), Cris Lauer (Podemos) e Rafael Roza (Novo). Presidente do legislativo, Mario Hossokawa (Progressistas) não votou, como tradicionalmente faz desde o início da legislatura.

Ainda relacionado ao empréstimo, os parlamentares rejeitaram uma emenda da vereadora Cris Lauer, pedindo que na redação final do projeto de lei fosse incluída a lista das obras nas quais o município pretende gastar os recursos da linha de crédito. Presente na Mensagem de Lei enviada ao legislativo a lista, com 25 obras, não consta no Projeto.

A emenda foi rejeitada por 12 votos a 2, contando apenas com os votos favoráveis da autora e de Rafael Roza (Novo). A não inclusão da lista de obras, conforme o secretário da Fazenda, Orlando Chiqueto e o Procurador do município, Douglas Galvão, que foram até a Câmara nesta terça (6), é uma recomendação da própria Caixa Econômica. A recomendação, no entanto, foi questionada pela parlamentar.

Foto: Ilustrativa/CMM


Compartilhar