Servidores do Hospital Metropolitano de Sarandi protestam contra atraso em salários

Compartilhar

Manifestação ocorreu na manhã desta quinta-feira (18). Categoria alega ainda não ter recebido os vencimentos do mês de dezembro. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, um ofício foi enviado ao Hospital para apurar a situação.

Por Redação

Aproximadamente 50 servidores do Hospital Metropolitano de Sarandi realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira (18), em frente a unidade, contra atrasos salariais. Eles seguravam cartazes com os dizeres “cadê meu salário?”.

Servidores ouvidos pela reportagem alegam ainda não ter recebido os pagamentos do mês de dezembro. Outros cobravam também retroativos do mês de novembro e a última parcela do 13º salário que, segundo eles, ainda não havia caído.

Para manter as atividades do hospital em funcionamento e não prejudicar os pacientes, nem todos os funcionários paralisaram os trabalhos. No entanto, ao longo da manhã era possível observar servidores que ainda estavam trabalhando aparecendo nas janelas, também segurando cartazes, em apoio aos colegas.

O que dizem as partes

O Maringá Post entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), uma vez que o Metropolitano realiza 80% de seus atendimentos via Sistema Único de Saúde (SUS), conforme divulgado pela própria instituição em seu site oficial. A Sesa respondeu por meio de nota, destacando que não houve atraso nos repasses estaduais. Leia na íntegra:

“A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) esclarece que, em resposta às denúncias veiculadas pela imprensa, a 15ª Regional de Saúde de Maringá emitiu um ofício ao Hospital Metropolitano de Sarandi. O objetivo é verificar não apenas as alegações apresentadas, mas também avaliar a situação operacional do hospital.

Em relação aos repasses financeiros enviados pelo Estado, a Sesa destaca que não houve qualquer atraso nos pagamentos. Adicionalmente, informamos que foi efetuado o adiantamento do repasse do 13º salário.

Reiteramos a parceria do Estado com o Hospital Metropolitano de Sarandi, que tem sido uma unidade de destaque na região, sobretudo em procedimentos de alta complexidade”.

A reportagem também entrou em contato com o Hospital Metropolitano de Sarandi, que informou ter se reunido com o sindicato que representa os servidores e que medidas para solucionar o impasse já estão sendo tomadas. O Maringá Post entrou em contato com o sindicato que representa a categoria, que confirmou ter se reunido com representantes do hospital para tratar do tema.

Foto: Colaboração/Mayara Zeviani/TV Maringá


Compartilhar