Maringá é destaque em ranking entre as melhores cidades do Brasil

Imagem: Thiago Louzada
Maringá é destaque nacional, mais uma vez, em qualidade de vida e indicadores econômicos.
 
A cidade é a primeira do Paraná e conquistou a quarta posição nacional no ranking ′As Melhores Cidades do Brasil′, que reúne quase 100% dos municípios do país. O levantamento faz parte do ′Anuário ISTOÉ′, realizado pela agência classificadora de risco Austing Rating em parceria com a Editora Três.
 
No ranking geral e entre os municípios de grande porte, Maringá é a primeira cidade paranaense a aparecer no levantamento. Entre os municípios brasileiros de grande porte, a cidade conquistou a terceira posição. O levantamento analisa 281 indicadores em pilares relacionados às políticas públicas: Fiscal, Econômica, Social e Digital. Os indicadores fazem parte do Índice de Inclusão Social e Digital.
 
No pilar econômico, Maringá é destaque no levantamento geral e conquistou o terceiro lugar entre todos os municípios brasileiros e entre as cidades de grande porte. No pilar social, a cidade ocupou o terceiro lugar geral e a quarta posição dentro do aspecto educação entre os municípios de grande porte.
 
A amostra é ampla e contemplou 5.565 cidades, praticamente todos os municípios brasileiros. Apenas cinco municípios que foram emancipados na última década ficaram de fora do levantamento.
 
O levantamento consolida Maringá em diversos indicadores que refletem a igualdade das oportunidades proporcionadas pela cidade.
 
“Ficamos muito felizes com esse reconhecimento para a nossa cidade. São resultados que demonstram nossa preocupação em garantir qualidade de vida para a população e construir uma cidade pronta para o futuro”, destacou o prefeito Ulisses Maia.
 

Melhor Cidade para Viver

Além do ranking divulgado pela revista ISTOÉ, Maringá também é destaque em diversas análises. No estudo da consultoria Macroplan, em parceria com a revista Exame, Maringá conquistou o primeiro lugar como a ′Melhor Cidade para Viver′ na última edição em 2020. Em 2017 e 2018, a cidade também liderou a análise, que reúne as 100 maiores cidades brasileiras.