Jovem de 24 anos é suspeito de matar a própria madrasta com golpes de faca na manhã desta quinta, 12, em Maringá

As forças policiais de Maringá tentam localizar um jovem de 24 anos suspeito de matar com vários golpes a própria madrasta. O crime chegou ao conhecimento da polícia na manhã desta quinta-feira, 12, e foi registrado na rua Cajueiro, no Jardim Madrid, bairro que fica na zona sul de Maringá. A vítima identificada como Neide Aparecida Bezerra, de 45 anos, foi morta com aproximadamente 25 facadas.

De acordo com informações repassadas pela polícia, o marido de Neide é funcionário de um das empresas do Ceasa e saiu durante a madrugada para trabalhar. Minutos depois de chegar ao trabalho, recebeu uma ligação da esposa de que um homem estaria tentando arrombar a porta de casa.

O marido retornou para o imóvel e quando chegou encontrou a porta arrombada e a mulher caída ferida na cama. Ele acionou o socorro, mas quando as equipes chegaram ao local Neide já estava morta. Segundo o relato do marido no local, o filho tinha ciúme do relacionamento dele com a esposa e os dois sempre brigavam.

A vítima tinha uma filha de 10 anos que presenciou o crime. Após cometer o homicídio, o jovem ainda mandou um áudio para o pai comunicando o fato e não demonstrando arrependimento. 

Matéria atualizada às 9h36.

O suspeito, identificado como Renan Francisco Alves da Silva, de 24 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (12) e encaminhado para a delegacia de Maringá. 

Com informações do Repórter Corujão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.