Condenado por estupro, ex-prefeito de Cambira é preso em condominínio de luxo, no litoral paulista

ex-prefeito de Cambira
Compartilhar

O ex-prefeito de Cambira, Sidney Bellini, foi preso nesta quarta-feira (7) no município de Guarujá, no litoral de São Paulo. O político estava foragido da justiça desde 2021, quando foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável.

O delegado adjunto da 17ª Subdivisão de Polícial de Apucarana, André Garcia, afirmou que Sidney Bellini foi localizado em um condomínio de luxo, de frente para o mar. Após a prisão, ele foi encaminhado para a Delegacia do Guarujá para as providências legais cabíveis.

Este não é o primeiro envolvimento do ex-prefeito em casos de abuso sexual. Em 2017, ele foi preso por abusar de uma menina de 13 anos em um motel na cidade de Mandaguari, e teria pago um valor de R$ 50 à vítima. Ele foi condenado a uma pena inicial de 12 anos e nove meses.

Após cumprir parte da pena, Bellini foi libertado em agosto de 2020, mas foi novamente preso em 2021 por outro caso de estupro de vulnerável. Na ocasião, ele foi condenado de forma definitiva a uma pena de 13 anos e 4 meses em regime fechado. Desde então, ele estava foragido, enquanto enfrenta outros processos relacionados ao abuso de menores.

Foto: Reprodução


Compartilhar