Corpo de Bombeiros localiza última vítima desaparecida em cooperativa que sofreu explosão

Compartilhar

Foto: Reprodução / RPC

Na tarde desta segunda-feira, 31, o Corpo de Bombeiros do Paraná localizou por volta das 15h o corpo da última vítima desaparecida no interior do túnel do silo 3, na cooperativa que sofreu uma explosão na última quarta-feira (26), em Palotina.

O trabalhador identificado como Wicken Celestin, de 55 anos,  estava em um túnel subterrâneo e foi soterrado por cerca de 10 mil toneladas de grãos de milho que estavam no silo onde houve a explosão.

Devido às condições do local, as equipes trabalham com muito cuidado para a retirada do corpo.

Não há previsão para o término da ação. Uma maca modelo SKED está sendo enviada ao local. O equipamento é destinado ao resgate e salvamento de vítimas em ambientes de difícil acesso e espaços confinados.

As equipes da Polícia Científica também já foram notificadas e acionadas para acompanhar a ação. Ao todo, o episódio provocou nove óbitos confirmados: oito no local e uma pessoa que havia sido transferida para Cascavel.

Saiba mais sobre o caso: Explosão em cooperativa mata pelo menos 4 trabalhadores; 27 pessoas estão desaparecidas

Veja o nome das nove vítimas fatais:

  • Louis Michelet, de 41 anos;
  • Jean Michee Joseph, de 29 anos;
  • Jean Ronald Calix, de 27 anos;
  • Donald St Cyr, de 24 anos;
  • Alfred Lesperance, 44 anos;
  • Eugenio Meteleus, 52 anos;
  • Reginald Gefrard, de 30 anos;
  • Saulo da Rocha Batista, 53 anos;
  • Wicken Celestin, de 55 anos.

Compartilhar