Acusado de matar jovem por causa de ‘magia negra’ é julgado em Maringá

Fórum da Comarca de Maringá

O caso aconteceu em dezembro de 2019. O acusado disse à polícia que a vítima tinha ameaçado fazer “magia negra” contra ele.
Foto: Adair José

Um acusado de matar jovem de 22 anos será julgado em júri popular em Maringá, nesta terça-feira (2). O crime aconteceu em dezembro de 2019.

De acordo com investigações da Polícia Civil, o acusado, Fábio Rosivaldo Teixeira Barbosa (hoje com 28 anos), era amigo da vítima e os dois haviam morado juntos por um período. Ambos eram usuários de drogas e haviam consumido entorpecentes no dia em que o crime aconteceu.

A vítima, Itamar Matheus Matos Rodrigues, foi encontrado morto nos fundos de um complexo esportivo na cidade de Paiçandu (cerca de 21 km de Maringá). Ele foi degolado e espancado com um tijolo, sofrendo traumatismo craniano severo.

Fábio Barbosa foi preso quatro meses depois do crime. Quando questionado pela polícia, ele relata que a vítima teria ameaçado utilizar magia negra contra ele.

O júri acontece no Fórum da Comarca de Maringá e a sentença deve ser divulgada até o final desta terça-feira (2).