Suspeito de matar companheira e filho de três meses é preso

Homem de 28 anos é preso pela polícia por matar a companheira e o filho de três meses. Quando foi detido, ele confessou o crime.
Foto: Redes sociais / PM

Uma jovem de 23 anos e o filho de três meses foram encontrados mortos no apartamento em que viviam, na cidade de Blumenau (SC). Uma faca com manchas de sangue foi apreendida próximo ao corpo das vítimas. A suspeita é que eles foram degolados.

O principal suspeito do crime é o pai da criança, Kelber Henrique Pereira, de 28 anos. De acordo com a polícia ele já possui antecedentes criminais e, segundo a família, ele é usuário de entorpecentes.

A polícia foi chamada para ir até o local na manhã de segunda-feira (25) e lá encontraram os corpos das vítimas, mas o suspeito e o filho mais velho do casal, de 1 ano e dez meses, estavam desaparecidos.

Na noite de terça-feira (26), o suspeito foi preso pela polícia em Paulínia (SP). Ao ser detido, ele informou aos policiais que estava na cidade para se internar em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. Ele confessa ter cometido o crime, mas diz não se lembrar do que aconteceu.

Mais cedo, naquele mesmo dia (terça-feira, 26), o filho mais velho do casal foi localizado pela Polícia Civil em uma cidade do interior de Minas Gerais. A polícia informa que a criança está bem e em segurança, vivendo com os avós paternos.

De acordo com o Sargento Rodrigo Chagas, o foragido deixou Santa Catarina e foi para Minas Gerais, onde teria deixado o filho mais velho com a família.

Depois do interrogatório, Kelber foi levado a Campinas para passar por audiência de custódia.