Dois servidores e mais 4 pessoas são presas por irregularidades em contratos do DER-PR

Foto: William Batista/RPC/Reprodução

Uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu dois servidores e mais quatro pessoas na manhã desta quinta-feira (27).  A operação investiga irregularidades em contratos de empresas juntamente com o  (DER-PR) Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná.

Conforme o (MP-PR) Ministério Público do estado, os servidores do DER tinham cargo de fiscalização dos contratos sob suspeita.

Além disso, foram apreendidos o marido de uma agente do órgão, além do dono de uma empresa e dois funcionários.

A investigação:

Os agentes do Gaeco cumpriram também 19 mandados de busca e apreensão nas cidades de Guarapuava, Ponta Grossa e Pitanga. Na operação, as buscas ocorreram em residências, sedes de empresas e em salas do DER. Foram apreendidos documentos, armas de fogo e dinheiro físico. 

São investigados os crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Operação Fora de Área.

Em nota, o DER-PR afirmou que não tolera condutas contrárias à lei e que colabora com as autoridades para esclarecer os fatos.

*Com informações G1.