Ciclista morre após ser atropelado; racha pode ter sido motivo do acidente

racha

Ciclista de 50 anos morre após ser atropelado por motociclista. Testemunhas alegam que o atropelamento foi resultado de um racha.
Foto: André Almenara

A Delegacia de Trânsito de Maringá segue investigando as circunstâncias de um acidente que causou a morte de um ciclista de 50 anos de idade.

A vítima estava pedalando na Avenida São Judas Tadeu, Zona Norte de Maringá, quando foi atropelado por um motociclista. A vítima chegou a ser socorrida por equipes do Samu e em seguida foi encaminhada em estado grave para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O motociclista que se envolveu no acidente, assim como outro jovem que também estava de moto, foram encontrados feridos no local e precisaram de atendimento médico. De acordo com o depoimento de testemunhas, esse acidente teria sido resultado de um racha que envolvia três motociclistas e que um deles teria atropelado a vítima.

Os dois motociclistas tiveram ferimentos leves e negam ter praticado um racha.