Morre professor que foi esfaqueado no centro de Curitiba

Imagem: divulgação

Em 13 de março, o professor Aguinaldo Cavalheiro de Almeida, de 48 anos, foi assaltado e espancado no centro de Curitiba. A polícia acredita que dois homens agredira o professor para furtar sua bicicleta.

Na ocasião, ele foi resgatado pelo Siate e encaminhado para a UTI.  Após algumas semanas, o docente havia saido da unidade de terapia intensiva e seguia em observação na enfermaria.

A mãe de Aguinaldo viajou do Mato Grosso para Curitiba para cuidar do filho, enquanto ele estava no hospital. Ela afirmou que os últimos dois meses foram de sofrimento constante.

O professor, que foi locutor da Rádio UEM FM, era natural do Mato Grosso. Ele morava em Curitiba há dez anos, e lecionava filosofia no Instituto de Educação do Paraná na capital do estado. Guiga, como era conhecido por seus alunos, era muito querido pelos estudantes e colegas de profissão.

Até a data de publicação dessa matéria, a Polícia Civil de Curitiba continua sem saber quem cometeu o crime. A bicicleta de Aguinaldo, que foi roubada no dia do ocorrido, também não foi encontrada.

Na manhã de hoje (25), alunos e colegas de profissão de Guiga se reuniram no pátio da instituição onde ele lecionava, e realizaram um momento de silêncio em homenagem ao professor.

Imagem: divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.