Cambistas são conduzidos à delegacia por venderem ingressos da final mais caros que o permitido

Um casal de cambista foi detido na tarde desta terça-feira, 29, em Maringá no momento em que vendia ingressos acima do preço permitido para a primeira partida da final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba. A prisão aconteceu no pátio do estádio Willie Davids. Segundo a polícia, o casal se aproveitou do fato de terem se esgotados os ingressos para a partida e estava cobrando valores acima do normal.

A prática, de acordo com o delegado Luiz Claudio Alves, viola o que está previsto no Estatuto do Torcedor. Ao longo do dia, o ingresso da arquibancada coberta por exemplo chegou a ser vendido a R$ 120. Mais de 10 ingressos foram apreendidos com o cambista. Após serem interrogados, os dois conduzidos foram liberados.

O Maringá Futebol Clube se pronunciou por meio de nota. O clube esclareceu informações questionadas por alguns torcedores e profissionais de imprensa sobre a capacidade permitida no estádio Regional Willie Davids e a distribuição dos ingressos destinados para a partida entre Maringá FC e Coritiba pela final do Campeonato Paranaense 2022, que será realizada nesta quarta-feira, 30 de março.

Atualmente a capacidade do Estádio Regional Willie Davids é de 20,1 mil pessoas, no entanto, devido aos problemas estruturais em dois setores da arquibancada descoberta, essa capacidade foi reduzida para 14 mil pessoas de acordo com a liberação do Corpo de Bombeiro, Polícia Militar e Ministério Público.

Dos 14 mil ingressos destinados para a partida, 8 mil ingressos foram vendidos e distribuídos da seguinte forma:

  • Lote 1: 5.380 ingressos – Vendidos e esgotados entre às 14h30 e às 20h30 do dia 28 de março;
  • Lote 2: 2.620 ingressos – Vendidos e esgotados entre às 09h00 e às 13h30 do dia 29 de março;

Destacamos que, visando combater a ação dos cambistas, ato esse criminoso, os pontos de venda físicos foram orientados a não comercializarem mais do que quatro ingressos por CPF, assim como a compra virtual, não liberar mais do que dois ingressos por CPF.

O saldo restante de seis mil ingressos para preencher a capacidade de lugares permitidos do Estádio Regional Willie Davids estão distribuídos entre:

  • Torcida visitante;
  • Público livre (idosos acima de 65 anos, crianças até 7 anos e portadores de deficiência);
  • Staff de trabalho;
  • Patrocinadores e apoiadores;
  • Diretores;
  • Colaboradores do clube;
  • Familiares de atletas e membros da comissão técnica;
  • Sócios torcedores;
  • Imprensa;
  • Ações publicitárias;

Entendemos que o momento é especial para a cidade, para o clube e para seus torcedores e estamos trabalhando diariamente para melhorar, sempre, a experiência de nosso público no estádio.

A nossa região possui mais de 1 milhão de habitantes e em uma final de campeonato, temos um grande percentual de pessoas querendo prestigiar o evento que tem capacidade para apenas 14 mil lugares. Infelizmente, muitos não irão conseguir acompanhar in loco esse grande momento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.