Delegado e policial condenados por envolvimento com o jogo do bicho

delegado e policial condenados

A 4ª Vara Criminal de Maringá condenou 11 pessoas denunciadas pelo Ministério Público do Paraná por envolvimento com o jogo do bicho. Entre os condenados está um delegado que atuou em Sarandi e outras cidades da regi9ão.

A denúncia, decorrente da Operação Barão de Drummond, que apurou crimes ligados à exploração de jogos ilegais, foi apresentada pela 12ª Promotoria de Justiça da comarca.

Entre os denunciados, estão um delegado, um policial civil e um servidor municipal cedido à delegacia de Ivatuba.

Conforme a denúncia, vários contraventores que gerenciavam bancas de jogo do bicho teriam pago “propinas” mensais aos policiais para não serem incomodados no exercício da atividade ilegal.

Os três agentes públicos foram condenados à perda de suas funções. As demais penas dos 11 réus variaram de três anos, um mês e dez dias a até quatro anos, um mês e dez dias de reclusão, além do pagamento de 32 a 95 dias-multa (cada dia-multa equivale a 1/30 do salário mínimo). Alguns dos réus tiveram o benefício de substituição das penas de reclusão por penas restritivas de direitos (prestação de serviços à comunidade e restrição de fim de semana), conforme determina a legislação vigente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.