Polícia Civil investiga assassinato de homem dentro do Parque Ingá

Um homem foi morto a tiros no interior do Parque do Ingá. A ocorrência foi registrada no início da tarde desta segunda-feira, 22. De acordo com as informações iniciais repassadas pela polícia, a vítima foi executada dentro da reserva em uma área de mata com vários tiros. O atirador fugiu a pé, pulou uma cerca e teria embarcado em um veículo de cor escuro.

Equipes da Polícia Militar (PM) foram até o local para apurar as informações. Investigadores da Delegacia de Homicídios também se deslocaram ao parque para iniciar o trabalho da Polícia Civil. Um homem que não quis ser identificado relatou à imprensa no local que a vítima seria um presidiário que estava prestando serviços à prefeitura. Ele seria um pintor que estava trabalhando na reserva. No momento dos disparos, ele e mais alguns homens descansavam no local.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.

Atualizada às 15h35 – de 22/11

A prefeitura de Maringá emitiu a seguinte nota de esclarecimento:

A Prefeitura de Maringá, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Segurança Pública, informa que está prestando todo o apoio para as equipes das Polícias Militar e Civil, que investigam a morte de um homem registrada dentro do Parque do Ingá.

Às segundas-feiras, o Parque do Ingá é fechado para a visitação do público. A possível vítima de homicídio no local era um homem que cumpria pena em regime semi-aberto e que prestava serviços terceirizados para a administração municipal via convênio com o Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen).

Segundo o Depen, o nome da vítima é Gustavo Henrique Souza dos Santos, tinha 24 anos de idade e foi morto a tiros por volta das 14 horas desta segunda-feira, 22. Equipe do Samu chegou a fazer atendimento médico, mas ele não resistiu e morreu no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *