Segunda pesquisa eleitoral mostra Ulisses Maia na liderança, seguido de Homero Marchese e Coronel Audilene

Por: - 28 de outubro de 2020
Ulisses Maia lidera a disputa para a Prefeitura de Maringá, seguido de Homero Marchese e Coronel Audilene / Montagem

A segunda pesquisa eleitoral feita pelo instituto Paraná Pesquisas e divulgada nesta quarta-feira (28/10) mostra que Ulisses Maia (PSD) continua na liderança na disputa para a Prefeitura de Maringá. Segundo levantamento, contratado pelo Grupo Maringá de Comunicação (GMC), Maia lidera com 42% de intenção de voto na pesquisa estimulada. Em seguida, aparecem Homero Marchese (Pros) com 12,6% e Coronel Audilene (Progressistas) com 8,2%.

O atual prefeito se manteve estável dentro da margem de erro em relação ao levantamento anterior divulgado no início de outubro, quando o percentual foi de 41,4%.

O destaque da pesquisa foi a Coronel Audilene que tinha 3,2% de intenção de voto na pesquisa anterior. Ela estava na quinta posição e agora ocupa a terceira posição na disputa para a Prefeitura de Maringá.

Homero Marchese, que estava em terceiro lugar na primeira pesquisa com 10,4%, oscilou positivamente dentro da margem de erro e agora ocupa a segunda posição.

Dr. Batista (DEM), que aparecia em segundo lugar entre os candidatos a prefeito de Maringá na primeira pesquisa eleitoral, com 11,1%, caiu para a quarta posição, com 8% de intenção de voto.

Entre os entrevistados, 10,7% responderam que não votarão em nenhum dos 13 candidatos a prefeito e 7,3% disseram que não sabem em quem irão votar. Na primeira pesquisa, divulgada no início de outubro, 12,1% tinham respondido que não votariam em nenhum dos candidatos e 6,3% disseram que não sabiam.

Confira os percentuais de intenção de voto na pesquisa estimulada:

  • Ulisses Maia (PSD): 42%
  • Homero Marchese (Pros): 12,6%
  • Coronel Audilene (Progressistas): 8,2%
  • Dr. Batista (DEM): 8%
  • Akemi Nishimori (PL): 3,4%
  • Bovo (Podemos): 1,8%
  • Anníbal Bianchini (PTC): 1,4%
  • Carlos Mariucci (PT): 1,1%
  • Rogério Calazans (Avante): 1,1%
  • Eliseu Fortes (Patriota): 0,9%
  • Valdir Pignata (Cidadania): 0,8%
  • Evandro de Freitas Oliveira (PSDB): 0,4%
  • Professor Edmilson (PSOL): 0,4%
  • Nenhum dos candidatos: 10,7%
  • Não sabe: 7,3%

Na pesquisa espontânea, ou seja, quando o eleitor diz em quem vai votar sem ter os nomes dos candidatos apresentados, a maioria, 47,6% dos eleitores, respondeu que não sabe em quem vai votar e 10,5% afirmaram que não votarão em nenhum dos candidatos.

Em relação a última pesquisa, o número de indecisos diminui, mas o percentual de eleitores que pretendem não votar em ninguém aumentou. No primeiro levantamento divulgado em outubro, 59%, disseram que não sabiam em quem votariam e 8,3% que não votariam em ninguém.

Neste levantamento, entre os nomes citados, o prefeito Ulisses Maia lidera com 27% das intenções de voto, seguido de Homero Marchese, com 6,6%, a Coronel Audilene, com 2,7%, e Dr. Batista, com 2,2%.

Veja as intenções de voto na pesquisa espontânea:

  • Ulisses Maia (PSD): 27%
  • Homero Marchese (Pros): 6,6%
  • Coronel Audilene (Progressistas): 2,7%
  • Dr. Batista (DEM): 2,2%
  • Akemi Nishimori (PL): 0,7%
  • Bovo (Podemos): 0,7%
  • Rogério Calazans (Avante): 0,5%
  • Anníbal Bianchini (PTC): 0,4%
  • Carlos Mariucci (PT): 0,4%
  • Não sabe: 47,6%
  • Nenhum dos candidatos: 10,5%
  • Outros nomes citados: 0,7%
  • Eliseu Fortes (Patriota), Valdir Pignata (Cidadania), Evandro de Freitas Oliveira (PSDB) e Professor Edmilson (PSOL) não foram citados na pesquisa espontânea.

Rejeição

O Paraná Pesquisas perguntou aos maringaenses em quem não votariam de jeito nenhum nas eleições municipais de 2020. Os entrevistados poderiam citar mais de um nome. O prefeito Ulisses Maia aparece com o maior percentual de rejeição: 18,9%, seguido do Dr. Batista, com 17,8%, Carlos Mariucci, com 13% e Homero Marchese, com 11,5%.

Na sequência, aparecem a Coronel Audilene, com 9,1% de rejeição, Akemi Nishimori, com 8,6%, Valdir Pignata, com 8,5% e Bovo, com 7,3% de rejeição entre os entrevistados. Os candidatos Evandro de Freitas Oliveira e Professor Edmilson tiveram o mesmo percentual de rejeição: 5,7%. Logo em seguida, estão Rogério Calazans, com 5,5%, Anníbal Bianchini, com 5,4% e Eliseu Fortes, com 4,5%.

A pesquisa realizada pelo Paraná Pesquisas, a pedido do Grupo Maringá de Comunicação (GMC), ouviu 740 eleitores entre os dias 24 e 27 de outubro. O levantamento tem margem de erro de 3,5% pontos percentuais para mais ou para menos e foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com número de identificação PR-07849/2020.

O que dizem os primeiros colocados na pesquisa

Homero Marchese (Pros) disse estar feliz com o resultado da pesquisa, mas considera que o segundo levantamento, assim como o anterior, ainda tem dificuldades para captar a intenção de voto do eleitor maringaense. “Nossa intenção de voto é maior do que isso, mas de qualquer forma a gente se consolida como alternativa ao atual prefeito e espero que a cidade veja isso, que de fato é, e nos leve até a vitória”.

Para Coronel Audilene (Progressitas), o resultado da pesquisa mostra que os eleitores começaram a conhecer as propostas da campanha e demonstram confiança na candidatura. “Começamos a divulgar nossas propostas e os maringaenses têm visto. Tenho andado muito nas ruas, conversando com as pessoas, ouvindo e apresentado as propostas. Continuaremos a crescer e creio que estamos rumo ao segundo turno”, diz.

Ulisses Maia (PSD) não atendeu as ligações da reportagem. O espaço fica aberto para manifestações do candidato.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.