Projeto de lei quer banir celulares das salas de aula das escolas públicas

Compartilhar

Foto: Ilustrativa 

O deputado Renan Ferreirinha (PSD-RJ) apresentou hoje na Câmara um projeto de lei que proíbe o uso de celulares em aulas de todas as escolas públicas do Brasil, tanto em ambientes internos quanto externos. A proposta é inspirada em uma medida que ele implantou no Rio de Janeiro, onde é secretário municipal de Educação. Ele está licenciado do cargo para participar de votações no Congresso.

O projeto prevê que os celulares fiquem guardados nas mochilas dos alunos, no modo silencioso, durante as aulas. O objetivo é evitar distrações e permitir que os professores advertam e coíbam o uso indevido dos aparelhos.

O projeto admite algumas exceções, como o uso de celulares para fins pedagógicos (pesquisas, leituras, acesso a materiais do currículo escolar, etc.) e para monitorar estudantes com problemas de saúde ou deficiências. Cada escola definiria as regras para esses casos especiais.

Segundo Ferreirinha, a regra adotada no Rio de Janeiro já tem “retornos muito positivos” entre professores, diretores e responsáveis.

 


Compartilhar