Alvaro Dias desiste de candidatura à presidência e disputa reeleição ao Senado

Alvaro Dias

Alvaro Dias recusa candidatura à presidência e vai concorrer à reeleição no Senado. Ele também negou proposta de aliança com Sergio Moro.
Foto: Reprodução

No início desta semana, o Partido Podemos fez um pedido para que o atual senador Alvaro Dias se candidatasse à presidência do Brasil. Como resposta, o senador decidiu, nesta quarta-feira (3), que não vai se candidatar à presidência e focará na reeleição ao Senado pelo Paraná.

Como justificativa pela sua decisão, Alvaro Dias explica que há cenário de “polarização irreversível” na corrida à Presidência este ano, devido às candidaturas de Lula e Bolsonaro.

Proposta de aliança

O senador Alvaro Dias também recebeu uma proposta de aliança com o ex-juiz Sérgio Moro. A sugestão do Partido União Brasil ao Podemos foi para que Dias desistisse de tentar reeleição ao Senado e concorresse ao governo do Paraná, para ter Moro como o candidato a senador em sua chapa.

Alvaro Dias e Sergio Moro
Foto: Reprodução

Essa proposta, no entanto, foi negada por Alvaro Dias. Ele reforça, mais uma vez, que seu foco é a reeleição ao Senado.