Moro vira as costas para Alvaro e diz que o senador nunca foi seu padrinho político

Imagem: Poder360

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil e candidato ao Senado pelo Paraná, Sergio Moro (União Brasil) diz que seu provável adversário na eleição deste ano, Álvaro Dias (Podemos), nunca foi seu padrinho político.

“Ele não é meu padrinho. O que me deu notoriedade foi a carreira pública que tive como juiz e ministro. Meu padrinho é o povo brasileiro”, afirmou Moro.

O senador da República Federativa do Brasil, Álvaro Dias,  foi um dos responsáveis por filiar Moro ao Podemos no ano passado. Depois, tornou-se um dos maiores defensores de sua candidatura à Presidência da República.

Em março, no entanto, o ex-juiz mudou de partido e acabou desistindo de sua candidatura à Presidência da República.

De volta ao Estado do Paraná, Moro decidiu disputar o Senado, vaga que é ocupada atualmente por Dias, que deve buscar a reeleição.

*Com informações Tribuna