TSE divulga a divisão do fundo eleitoral de 2022

Imagem: TSE

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou o valor do fundo eleitoral, o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), nesta semana. Os R$ 4,9 bilhões de reais foram divididos entre os 32 partidos políticos que disputarão as eleições de 2022.

O União Brasil ficou com R$ 782,5 milhões do valor total, o equivalente a 15,77%. O PT ficou em segundo lugar, com R$ 503,3 milhões (10,15%).

Em seguida o MDB com R$ 363,2 milhões ( 7,2%), PSD com R$ 349,9 milhões (7,05%,) e o PP receberá R$ 344,7 milhões (6,95%). Confira AQUI a tabela completa do TSE.

Os recursos devem ser utilizados somente para financiamento das campanhas eleitorais, e começam a ser distribuídos neste mês de junho.

Do valor total, 2% são destinados igualmente entre todos os partidos com estatutos registrados no TSE. Outros 35% são divididos entre os partidos que têm ao menos um representante na Câmara dos Deputados, na proporção de votos da última eleição geral para a Câmara.

48% são divididos, na proporção do número de representantes na Câmara dos Deputados, consideradas as legendas dos titulares, e 15% são divididos entre os partidos, na proporção do número de representantes no Senado Federal, também conforme as legendas dos titulares.

Para receber o fundo eleitoral, cada um dos partidos deve definir como será feita a distribuição do seu montante correspondente. A direção executiva nacional do partido deve aprovar os critérios de aplicação dos recursos, e divulgar publicamente essa decisão.

Com informações da Agência Senado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.