PSD de Ratinho Júnior e Progressistas de Cida Borghetti estarão juntos em 2022

7 de junho de 2021
PPe PSD juntos
As principais lideranças dos dois partidos se reuniram no palácio do governo

O PSD do governador Ratinho Júnior e o PP da ex-governadora Cida Borghetti e do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, estarão unidos nas eleções do ano que vem. Esta decisão partiu das principais lideranças dos dois partidos, reunidos nesta segunda-feira, em Curitiba.

O encontro no Palácio Iguaçu contou com a presença da ex-governadora Cida Borghetti, do prefeito de Londrina Marcelo Belinati, do deputado federal e líder do Governo Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros, do deputado estadual Luiz Carlos Martins, do ex-deputado federal Dilceu Sperafico, do secretário-geral do PP Daniel Cordeiro, do vice-governador Darci Piana e dos secretários estaduais João Carlos Ortega e Guto Silva, além da presidente estadual do Progressistas, deputada Maria Victória, e do governador Ratinho Júnior.

A aliança entre os dois partidos é vista como natural, uma vez que ela ocorreu em vários municípios em 2020. Há consenso entre as duas siglas de que o clima de estabilidade política alcançado pelo Paraná deve ser priorizado em torno de uma aliança que seja melhor para o Estado.

O PP adiantou ao governador Ratinho Jr que pretende um espaço na chapa majoritária (vice ou senado). Entre os nomes possíveis estão o prefeito de Londrina, Marcelo Belinatti, Dilceu Sperafico, Maria Victoria, Luiz Carlos Martins e o ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros II.

Ricardo Barros pretende buscar um novo mandato na Câmara Federal e Cida Borghetti disse que não disputará as eleições, pois quer se dedicar ao cargo de conselheira na Itaipu Binacional.