Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão e prende vereador em flagrante em investigação de possível “rachadinha” em Cianorte

Por: - 30 de novembro de 2020
Câmara de Cianorte com a iluminação de Natal de 2016 / http://noti-cia.com/

O Ministério Público do Paraná, por meio do núcleo de Maringá do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), prendeu nesta segunda-feira (30/11), em flagrante, um vereador de Cianorte, no Norte-Central do estado, investigado por possível participação em um esquema de “rachadinha” com um assessor.

Durante as investigações, realizadas pelo Gaeco em conjunto com a 4ª Promotoria de Justiça de Cianorte, foram registrados encontros entre o vereador e o assessor, supostamente para a entrega de parte dos vencimentos do servidor para o parlamentar.

Na ação realizada nesta segunda-feira, foi encontrado em poder do vereador parte do dinheiro sacado pelo servidor público no caixa eletrônico no início da manhã, o que motivou a prisão em flagrante.

As suspeitas são de que o assessor costumaria sacar seus vencimentos, de R$ 4.225, ficando com apenas um terço desse valor e passando o restante para o vereador.

O nome do parlamentar envolvido na investigação não foi divulgado pelo Gaeco de Maringá.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.