Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Maringá começa a operar oficialmente

Por: - 6 de agosto de 2020
Apreensão de maconha na Unidade Operacional de Mandaguari, vinculada à Delegacia de Maringá / Divulgação PRF

No sábado (1/8) entrou em operação a Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Maringá. A delegacia vai ser responsável pelas Unidades Operacionais de Mandaguari, Alto Paraná e Campo Mourão.

A instituição, que há dez anos passou a fazer o policiamento das rodovias federais das regiões norte e noroeste do Estado, com sede em Londrina, agora passa a ter uma nova sede na cidade de Maringá.

Antes, as unidades operacionais de Mandaguari e Alto Paraná, estavam vinculadas à delegacia em Londrina e a Unidade de Campo Mourão, vinculada à Delegacia de Cascavel.

A Delegacia em Londrina vai ficar responsável pelas Unidades Operacionais de Apucarana, Mauá da Serra, Ibiporã e Cornélio Procópio.

A nova Delegacia em Maringá fará a gestão operacional, logística, administrativa, de recursos humanos, correcional, de instrução/capacitação, comunicação, atendimento, representação institucional e execução de operações locais.

Tais serviços têm se mostrado como um importante fator para a definição da criação e da localização das delegacias da PRF em todo o país, na maior parte das situações, a congregação de todos os fatores define a necessidade ou não de sua instalação.

Nesse contexto, por estar em uma posição estratégica, atendendo a região noroeste do Estado, a Delegacia da PRF em Maringá terá, quando operacionalizada em sua integralidade, condições de subsidiar e implementar ainda mais as ações de policiamento e fiscalização, associada a vários outros fatores de vital importância para o trabalho institucional.

A região de Maringá possui uma economia forte com ampla representatividade de órgãos públicos estaduais e federais. Com isso, a escolha por Maringá, visou melhorar o atendimento aos usuários, com o fortalecimento institucional, que resultará em uma melhor execução de seus serviços, com a promoção da segurança nas rodovias federais e áreas de interesse da União.

A nova sede, que ainda passa pelos ajustes finais, funcionará no endereço na Av. Paranavaí, 2037, Parque Bandeirantes, e terá como chefe o Inspetor Luís Alberto Spaciari Machado. Sob sua gestão estarão, além da Delegacia, as unidades de Mandaguari, que realizará o policiamento de Presidente Castelo Branco, km até Cambira, pela BR 376, (Rodovia do Café) e de Jandaia do Sul a Bom Sucesso, pela BR 369.

De Alto Paraná, que realiza o policiamento de Nova Londrina a Castelo Branco, também pela Rodovia do Café.

E de Campo Mourão, que realiza o policiamento nas rodovias federais, BR 158, do km 217 (município de Campo Mourão) ao km 294 (município de Roncador), BR 272 do km 366 ao km 437 (município de Goioere), BR 487 do km 106 (município de Cruzeiro do Oeste) ao km 178 (município de Campo Mourão), BR 369 do km 357 ao 378 todo dentro do município de Campo Mourão.

Ao todo, serão 474 quilômetros de rodovias federais sob a jurisdição da Delegacia de Maringá.

Do dia 1º de agosto até quarta-feira (5/8), os agentes da PRF sob o comando da Delegacia em Maringá atenderam 12 acidentes, com sete pessoas feridas e uma pessoa morta. Foram fiscalizados 895 veículos, dois deles recuperados em função de serem roubados.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.