Câmara cria grupo para atuar na segurança pública de Maringá. Conseg cobra viaturas e delegados

Por: - 17 de setembro de 2019
Representantes da segurança pública de Maringá na sessão da Câmara durante discurso do Professor Niero (PV) / Divulgação CMM

A Câmara de Maringá criou nesta terça-feira (17/9) um grupo para atuar na segurança pública. Batizado de Frente Parlamentar da Segurança Pública de Maringá, o grupo foi formado após a participação do presidente do Conseg, coronel Antônio Tadeu Rodrigues, o delegado-chefe da 9ª SDP de Maringá, doutor Adão Wagner Loureiro Rodrigues, e o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Ademar Paschoal, na sessão.

Os chefes da Polícia Militar e da Polícia Civil na cidade destacaram que as estatísticas indicam queda no número de crimes cometidos. Segundo Paschoal, os índices têm caído em média 15% ao ano. “A cooperação da população, a dedicação e empenho dos nossos policiais têm contribuído para que os índices sejam cada vez menores”, disse. Para Wagner, o resultado é fruto de um trabalho técnico e inteligente das forças policiais.

Por parte do Conselho de Segurança de Maringá (Conseg), o coronel Rodrigues afirmou que há grande diferença entre o efetivo e os equipamentos fornecidos pelos Governo do Estado para Maringá e outras cidades.

“Não queremos tratamento diferenciado, queremos o mesmo tratamento. O Governo entregou 26 viaturas para Londrina e uma para Maringá. Em Londrina há sobra de delegados, em Maringá faltam seis. Os representantes de nossa cidade precisam exigir o que é de direito de nossa população”, cobrou.

Segundo o Professor Niero (PV), autor do requerimento de criação da Frente Parlamentar da Segurança Pública de Maringá, o objetivo é atuar junto aos órgãos competentes do Governo do Estado e da prefeitura, buscar melhores estruturas físicas e de pessoal, além de transformar o Pelotão de Polícia de Choque para Companhia de Choque.

“Queremos nos aproximar dos nossos deputados estaduais e buscar um diálogo com o Governo do Estado para conquistarmos melhorias na área da segurança pública”, disse Niero.

A participação no grupo da segurança pública foi concorrida – 14 vereadores queriam participar, mas só havia cinco vagas. Por sorteio, foram escolhidos os vereadores Professor Niero (PV), Alex Chaves (PHS), Flávio Mantovani (PPS), Mário Verri (PT) e Jean Marques (PV). As informações são da assessoria de imprensa da Câmara de Maringá.

O vídeo abaixo mostra a sessão completa da Câmara de Maringá nesta terça-feira (17/9).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.