Vereador de Maringá abre processo seletivo para contratar assessor de gabinete. Conheça as exigências

Por: - 13 de julho de 2019

O vereador de Maringá Jean Marques (PV) decidiu abrir um processo seletivo para contratar assessor de gabinete. A vaga, que tem um salário de R$ 5,6 mil, foi divulgada nesta sexta-feira (12/7) nas redes sociais do vereador.

A busca é por um profissional que atue com marketing digital. “Acredite, nem tudo é QI no meio político”, escreveu Marques.

Na Câmara de Maringá, cada vereador pode contratar quatro pessoas para atuar no gabinete. As vagas são de chefe de gabinete, com salário de R$ 8,5 mil, assessor parlamentar, com salário de R$ 7,3 mil, e duas vagas de assessor de gabinete, com salário de R$ 5,6 mil.

A lei municipal exige que o chefe de gabinete tenha o Ensino Superior. As outras funções, o Ensino Médio. Como são de livre contratação, normalmente os vereadores empregam os amigos ou pessoas que trabalharam na campanha eleitoral ou indicados por apoiadores.

Desta vez, Marques decidiu abrir o processo seletivo para a contratação de um assessor de gabinete.

O anúncio busca um jovem antenado em política e na internet. Entre os requisitos está o “domínio das ferramentas de negócio do Facebook, Instagram, YouTube, Twitter e outras redes. E conhecimento mínimo de gestão de sites”. Outro requisito é saber trabalhar com edição de imagens, criação de arte, edição de vídeos e outros recursos visuais.

As atribuições do cargo de assessor de gabinete são previstas no artigo 22 da Lei Nº 9409/2012.

  • Art. 22 São atribuições do Assessor de Gabinete: desempenhar funções internas e externas, segundo diretrizes e orientação superior; efetuar serviços de recepção, redação, digitação, organização de arquivos e catalogação dos pedidos de informações e respectivas respostas; controlar prazos e diligenciar respostas às proposições, indicações e pedidos do Vereador; colaborar na agenda política do parlamentar; manter arquivo de documentos e papéis em caráter particular endereçados ao Vereador; expedir convites e anotar todas as providências necessárias ao assessoramento do parlamentar; promover o registro de nome e endereço completo de autoridades, lideranças e cidadãos de interesse do Vereador.

Para se candidatar à vaga aberta pelo gabinete do vereador Jean Marques (PV), basta entrar em contato com o vereador por este link do Facebook.

“Você terá boas chances em nosso processo seletivo se for criativo, ágil e antenado! Curte estar sempre por dentro de assuntos relacionados à política municipal, estadual e nacional? Tem interesse por notícias envolvendo a atuação de vereadores, prefeitos, secretários, governadores e demais representantes públicos? Então vem pra cá!”, diz o anúncio.

Além do salário de R$ 5,6 mil, tem vale-alimentação e vale-cultura. São 8 horas diárias entre 8h e 18h, “podendo ações serem realizadas à noite ou nos finais de semana e feriados”. Descontados os impostos, o escolhido vai receber cerca de R$ 4,2 mil por mês.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.