O que é prioridade em Maringá? Questionário online permite participar do orçamento da prefeitura de 2020

Por: - 29 de maio de 2019

O que é prioridade em Maringá? Saúde, segurança, educação, esporte e lazer, cultural, bem-estar animal, obras públicas? Por meio de um questionário com 13 páginas, a Prefeitura de Maringá criou um canal online para o cidadão indicar as prioridades do orçamento de 2020.

Para participar, é preciso apenas dizer o nome e o bairro onde mora. O questionário para votar no que é prioridade em Maringá pode ser acessado neste link.

Segundo a administração municipal, o mesmo trabalho foi realizado em 2018, quando 47% das respostas pediam reforços, ampliação e melhorias no policiamento.

A resposta, segundo a prefeitura, influenciou na Lei Orçamentária Anual de 2019, que prevê um investimento de 29% do orçamento de R$ 1,57 bilhão para o ano atual em ações voltadas à melhoria da segurança.

Para a saúde, segundo item mais votado em 2018, foram destinados 17% do orçamento de 2019 e para a assistência social, 9%.

As sugestões vão auxiliar na construção de diretrizes orçamentárias para o ano de 2020 com a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) a ser votada na Câmara de Vereadores. Durante o mês de junho, a população também é convocada a participar das Assembleias de Planejamento e Gestão Territorial (APGTs), que vão ser realizadas entre os dias 17 e 25.

A realização das assembleias é definida de acordo com as unidades de planejamento, que seguem uma distribuição geográfica (veja o mapa). Para saber em qual unidade o bairro onde mora está incluído, é possível acessar esta relação divulgada pela prefeitura.

O presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento, Edson Cardoso, explica que as assembleias possibilitam uma melhor atuação do poder público por ouvir diretamente da comunidade do bairro suas demandas.

“Junto com o questionário eletrônico as assembleias apresentam as prioridades e mostram o caminho que a administração municipal deve seguir de forma transparente e democrática”, enfatiza.

Para a secretária de Planejamento, Bruna Barbosa Barroca, a participação das assembleias é mais que uma exigência legal. “A comunidade deve entender que seu bairro também é sua casa. Ela precisa se manifestar e ser ouvida para a tomada de decisões dos gestores públicos”, destaca.

Cinco reuniões para responder: o que é prioridade em Maringá?

  • APGT 1: segunda-feira (17/6), 19h30, Escola Municipal Dr. Osvaldo Cruz, Rua Otávio Periotto, 166 – Centro
  • APGT 2: terça-feira (18/6), 19h30, Avenida Tuiuti, esquina com a Rua Me. Mônica Maria, Conjunto Lea Leal, Quadra de Esporte da Escola Municipal Gabriel Sampaio
  • APGT 3: quarta-feira (19/6), 19h30 minutos, Casa da Cultura Alcídio Regini, Avenida Sophia Rasgulaeff, 693 – Jardim Alvorada
  • APGT 4: segunda-feira (24/6), 19 horas, Escola Municipal Pioneira Jesuína de Jesus Freitas, Rua Flausina Francisca de Souza, 290, Vila Santa Izabel
  • APGT 5: terça-feira (25/6), 19h30, Escola Municipal Padre Pedro Ryo Tanaka, Av. Cero Azul, 2108 equina com a Rua Maria Gaspar P. Moleirinho, Jardim Novo, Horizonte III

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.