Vereadores votam criação do Dia Municipal da Bíblia na primeira sessão ordinária do ano na Câmara de Maringá

Na primeira sessão ordinária do ano de 2019 na Câmara de Maringá vai ser votado em primeira discussão o projeto que institui o Dia Municipal da Bíblia. Segundo a proposta do vereador William Gentil (PTB), o objetivo é enaltecer a importância da leitura da Bíblia para se desenvolver a fé das pessoas.

O projeto prevê a comemoração do Dia Municipal da Bíblia no segundo domingo do mês de dezembro. Gentil também propõe que o Poder Legislativo realize sessão solene no Dia da Bíblia, quando as lideranças cristãs do município serão convidadas a participar.

A uma das lideranças, o projeto diz que vai ser concedido o tempo de dez minutos para o uso da Tribuna da Câmara, para pronunciamento sobre a importância da celebração do Dia Municipal da Bíblia.

A proposta é o quinto item da pauta da sessão desta terça-feira (5/2), que começa a partir das 9h30, quando é prevista a votação de seis projetos de lei e dez requerimentos.

Outra homenagem foi proposta pelo vereador Chico Caiana (PTB). O projeto apresentado por ele institui o Dia Municipal do Tradutor e Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras). A celebração vai ocorrer, anualmente, no dia 26 de julho e vai ser incluída no calendário oficial do município.

Vai ser a primeira sessão ordinária com a presença de Dr. Jamal (PSL), que substitui ao deputado estadual Do Carmo (PSL), e de Professor Niero (PV), que substitui o deputado estadual Homero Marchese (PROS).

Dr. Jamal é médico endocrinologista, formado pela Unoeste de Presidente Prudente (SP), e ex-tenente do Exército Brasileiro, com serviço prestado na Amazônia, entre 1999 e 2001. Em Maringá, trabalhou por 16 anos nos postos de saúde.

Professor Niero leciona aulas de Geografia no Ensino Médio e de cursinho pré-vestibular, ele mantém contato em todas as esferas sociais, especialmente entre os jovens.

Outro projeto, de autoria do Poder Executivo, e é o primeiro item da pauta, revoga a lei 10.360/2017, de autoria do médico e ex-vereador, Carlos Saboia, que denomina o Centro Municipal de Educação Infantil em construção na Avenida Mauá como Professor Raul Pimenta.

A proposta é que o professor dê nome agora para o Centro Municipal de Educação Infantil localizado no Jardim Imperial 2.

O CMEI em construção na Avenida Mauá, a que se refere a lei que se propõe revogar, foi inaugurado em fevereiro de 2018 e recebeu o nome de CMEI Pioneira Noemia Maia Kotsifas, mãe do prefeito.

Acesse o portal da Câmara Municipal e veja a pauta completa da sessão desta terça (5/2).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.