Cadastro para ambulantes trabalharem nas festas de Natal termina na sexta. Prefeitura de Maringá alerta para multas de R$ 500 a quem estiver irregular

Por: - 9 de setembro de 2018
Túnel de luz montado na Praça da Prefeitura, local mais aproveitado da cidade para as selfies do Natal de 2017 / Prefeitura de Maringá

O prazo para vendedores ambulantes fazerem o cadastro para trabalhar nas festas de Natal de Maringá começa nesta segunda-feira (10/9) e termina na sexta-feira (14/9).

Os vendedores ambulantes cadastrados na Prefeitura de Maringá receberam um ofício e foram alertados sobre as inscrições.

Segundo a Diretoria de Fiscalização, por tratar-se de um período específico de atividades, o simples cadastro no município não é suficiente para a atuação.

Para a “Maringá Encantada”, a partir do cadastro, a secretaria de Cultura vai definir o local onde o ambulante poderá atuar, de forma a evitar aglomerações de vendedores e distribuir melhor os produtos oferecidos.

“Pretendemos trabalhar apenas com os ambulantes já cadastrados, mas renovando esse registro para o trabalho específico no período natalino”, explica o secretário de Cultura, Miguel Fernando.

Os ambulantes cadastrados serão identificados com crachás e camisetas. Os trabalhadores que estiverem em situação irregular, sem a regulamentação oficial, estarão sujeitos a uma multa de R$ 500 e a apreensão das mercadorias.

O registro precisa ser feito pessoalmente e os vendedores ambulantes precisam levar o comprovante de residência e documentos pessoais. O horário de funcionamento é das 8 horas às 11h30 e das 13h30 às 16 horas, no 2º andar do Paço Municipal (avenida XV de Novembro, 701 – Diretoria de Fiscalização).

Abertura das festas de Natal com Renato Teixeira

Este ano dentro do projeto ‘Maringá Encantada’, o tema é ‘Um Natal de Luz e Emoção’.  abertura será realizada no dia 15 de novembro com o show de Renato Teixeira na Praça da Catedral.

No embalo do acordes de ‘Tocando em Frente’, ‘Romaria’ e ‘Amizade Sincera’, músicas que referendam a carreira de Renato Teixeira, o Papai Noel vai surgir em ato de ilusionismo, sobre o qual é mantido sigilo.

Também na Praça da Catedral, será montada uma árvore de Natal com 17,5 metros ao lado da Catedral. A base será vazada para o trânsito das pessoas, que poderão deixar bilhetes para o Papai Novel. O atrativo vai exalar para despertar lembranças e caracterizar o Natal.

Os gastos da prefeitura com a “Maringá Encantada” se aproximam de R$ 6 milhões. Em reunião recente no Paço Municipal, o prefeito Ulisses Maia defendeu os valores e afirmou que a cada R$ 1 investido no Natal, há um retorno de R$ 7 aos cofres municipais.

 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.