Campanha mal começou, mas nos bastidores o prefeito Ulisses Maia e o deputado Evandro Júnior trocam farpas via WhatsApp

Por: - 29 de agosto de 2018

A campanha eleitoral e os inevitáveis confrontos, com ataques e réplicas verbais entre os adversários políticos e seus partidários, para o grande público praticamente ainda não começou. A tendência é que os acirramentos se travem mais à frente, após o início dos programas no rádio e na televisão, mas nos bastidores farpas via WhatsApp estão à solta.

Em um grupo do aplicativo, por exemplo, o prefeito Ulisses Maia e o deputado Evandro Júnior (PSDB) andaram se provocando. Escreveu Ulisses (PDT) em uma mensagem, enviada às 12h05:

O deputado Evandro Júnior podia aproveitar e cuidar um pouco do lixo e sujeira que tem nessa política. Ele conhece muito bem. Outra coisa, faz tempo que ele não dava sinal de vida. É de Maringá ainda? Ou é maringaense de quatro em quatro anos?

Print da mensagem de Ulisses Maia enviada no grupo de WhatsApp

A réplica do deputado não demorou a vir. Às 12h11, Evandro Júnior (PSDB) respondeu:

– Ulisses, faça a sua parte que eu faço a minha.

Outras pessoas do grupo entraram na conversa. Um secretário municipal, imediatamente após a mensagem do deputado, partiu em defesa do chefe:

– Faça a sua então deputado. Até agora não vi nada.

Seguiram-se comentários de outras pessoas do grupo, brincadeiras, mensagens de voz e, às 12h46, o deputado cutuca:

Tem gente aqui muito bem paga pra fingir que não vê a baderna que você faz Populisses.

Evandro Júnior é chamado, por membros do grupo, a citar os nomes de quem, segundo ele, seria bem pago. Aí, às 12h50, o deputado muda de assunto:

O debate agora é sobre o Estado, vamos deixar pra discutir o município daqui dois anos. O meu escritório todos sabem onde é, estou aberto para pessoalmente debater com quem quer que seja, sobre o trabalho que desenvolvi na Assembleia Legislativa.

Conversas recheadas de arame farpado fazem parte do cotidiano dos grupos de amigos nas redes sociais e aplicativos de mensagens. Embora nas mensagens aqui reproduzidas nada conste além de provocações políticas entre homens públicos, é bom lembrar do que diziam nossos avós, quando nada disso existia:

Prudência e canja de galinha não faz mal a ninguém.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.