Ogier Buchi contraria Bolsonaro, pede registro de candidatura a governador do Paraná e diz que aguarda validação da Justiça Eleitoral para este sábado

Por: - 17 de agosto de 2018
Jair Bolsonaro e Ogier Buchi: diferenças no mesmo partido, o PSL / Foto do bemparana.com.br

Apenas nove dos dez candidatos a governador do Paraná que pediram registro de candidatura junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aparecem no site oficial das eleições 2018. Não consta o pedido de Ogier Buchi (PSL), que no início da tarde desta sexta-feira (17/8) disse ao Maringá Post que fez a solicitação de registro de forma individual.

“Diferente dos pedidos de registro feitos por partidos políticos, os pedidos individuais como o meu devem ser validados antes de serem lançados no site do TSE”, disse Buchi, que contrariou as direções regional e nacional do PSL e fez a solicitação. Foi por meio de uma liminar que participou do debate da TV Bandeirantes na noite de quinta-feira (16/8).

Segundo Ogier Buchi, o candidato do PSL a presidente, Jair Bolsonaro, fez um acordo com o candidato a governador do Paraná, Ratinho Júnior (PDC), para ter um palanque único no Paraná. “Me disseram que temos a obrigação de seguir essa orientação, mas eu não concordo e quero ser eu o candidato a governador”, afirmou por telefone.

Buchi acredita que seu pedido será aceito e que neste sábado (8/8) seu nome passará a compor a lista do TSE. Indagado qual dos candidatos a governador do Paraná pensa em apoiar, caso o pedido da sua candidatura seja invalidado, ele respondeu que vai “pensar nisso depois, pois acredito que serei candidato”. O PSL, no Paraná, está coligado com o Patriotas e o PTC.

O TSE aceitou os pedidos de registro dos candidatos Ratinho Júnior (PDC), Cida Borghetti (PP), Jorge Bernardi (Rede), João Arruda (MDB), Dr. Rosinha (PT), Professor Piva (PSOL), Geonisio Marinho (PRTB), Priscila Ebara (PCO) e Professor Ivan Bernado (PSTU). Até esta sexta-feira, não havia registro de nenhum pedido de impugnação dessas candidaturas.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.