Blog do Rigon: Pastor da Igreja Assembleia de Deus será ouvido nesta quinta-feira no Ministério Público. Há questionamento de danos coletivos por dívida milionária

Por: - 4 de julho de 2018

O presidente e pastor da Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá (Ieadcemar), Robson Brito, será ouvido no Ministério Público na tarde desta quinta-feira (5/7). O procedimento no qual foi citado, foi aberto pelo promotor de justiça Maurício Kalache, da 6ª Promotoria de Justiça.

A informação é do jornalista e blogueiro Angelo Rigon, que tem acompanhado o caso desde terça-feira (3/7), quando noticiou que o pastor seria ouvido. Rigon também publicou a informação sobre carta que foi distribuída pelo pastor da Igreja Assembleia de Deus a respeito do episódio.

A abertura do procedimento no Ministério Público foi aberto a pedido da Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus no Estado do Paraná, que questiona uma dívida superior a R$ 23 milhões acumulada durante a gestão de Robson Brito, presidente e pastor da Igreja Assembleia de Deus de Maringá.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.