Três chapas vão concorrer às eleições para a reitoria da Universidade Estadual de Maringá. Votação do primeiro turno será realizada no dia 21 de agosto

25 de junho de 2018
Reitor Mauro Baesso fica no comando da instituição até outubro / Divulgação

Três chapas vão concorrer às eleições para a Reitoria da Universidade Estadual de Maringá (UEM). O prazo de inscrição encerrou-se às 16h30 desta segunda-feira (25/6). Dois homens e uma mulher vão disputar o comando da instituição pelos próximos quatro anos.

A primeira chapa a se inscrever foi a Avançar e Inovar. Os candidatos a reitor e vice-reitor são, respectivamente, Julio César Damasceno, professor do Departamento de Zootecnia e atual vice-reitor da UEM, e Ricardo Dias Silva, chefe do Departamento de Arquitetura e Urbanismo.

Os candidatos da chapa UEM de Todos são Roberto Kenji Nakamura Cuman, diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS), e Leandro Vanalli, diretor do Centro de Tecnologia (CTC), respectivamente nos cargos de reitor e vice.

A terceira chapa concorrente é a UEM em Frente com as candidatas Ana Lúcia Rodrigues, do Departamento de Ciências Sociais e coordenadora do Observatório das Metrópoles, e Lilian Denise Mai, do Departamento de Enfermagem. Ana Lúcia como reitora e Lilian vice.

O pleito será realizado, em primeiro turno, no dia 21 de agosto. A novidade para as eleições para a reitoria deste ano é a retomada da paridade, na qual os votos de alunos, técnicos e professores terão o mesmo peso.

O total de votantes é 29.459, mas esse número ainda pode sofrer alteração até a publicação da lista definitiva do Colégio Eleitoral, o que vai ocorrer na segunda-feira (2/7).

No mesmo dia, a Comissão Eleitoral fará a homologação das chapas. Os vencedores tomarão posse dos cargos no dia 10 de outubro. Eles vão substituir o atual reitor da instituição Mauro Baesso e o vice-reitor Julio Damasceno.