Preço de energia da Copel aumenta mais de 15% a partir de domingo. Autorização foi aprovada pela Aneel nesta terça-feira

Por: - 19 de junho de 2018

A conta de luz da Copel vai aumentar 15,13% a partir do próximo domingo (24/6) para os consumidores residenciais e comerciais e 17,55% para os industriais (alta tensão). Para os consumidores de baixa renda, o aumento será de 15,06%. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (19/6) pela diretoria da Agência Nacional  de Energia Elétrica (Aneel).

A Distribuidora Copel atende 4,5 milhões de unidades consumidoras no Paraná. Ao calcular o reajuste, “conforme estabelecido no contrato de concessão, a Anell considera a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais”, diz nota da Agência.

Energia da Copel aumenta de 15,06%, para consumidores residenciais de baixa renda, a 17,55% para indústrias

Incluindo impostos (ICMS e Pis/Cofins), atualmente um kWh da tarifa convencional custa R$ 0,69118 para os consumidores residenciais convencionais. Com o aumento, sobe para R$ 0,79575. Para consumidores residenciais de baixa renda, o preço por kWh varia conforme o consumo e vai de R$ 0,15645, para unidades que gastam menos de 30 kWh, até R$ 0,65039, para consumo superior a 220 kWh.

Em um exemplo prático, para o consumidor residencial convencional que este mês pagou R$ 100 na conta de luz, mantendo o mesmo consumo, a conta vai para R$ 115,13. A inflação acumulada nos últimos 12 meses, segundo o IPCA aferido pelo IBGE, é de 2,86%. O último aumento da Copel foi em junho de 2017 e, na média, subiu 12,98%.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.