Projeto de lei quer obrigar divulgação dos recursos arrecadados com multas e a destinação do dinheiro. De janeiro a abril foram emitidas 104.179 autuações no trânsito de Maringá

Por: - 11 de junho de 2018

A Câmara de Maringá discute nesta terça-feira (12/6) projeto de lei de autoria do vereador Homero Marchese (Pros) que obriga a divulgação dos recursos arrecadados com multas de trânsito e a destinação do dinheiro.

A proposta é que a administração municipal publique as informações mensalmente na internet, com a discriminação dos valores obtidos com as autuações feitas por radares, agentes de trânsito e estacionamento rotativo.

Entre os meses de janeiro e abril de 2018, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) registrou a emissão de 104.179 multas de trânsito em Maringá.

Mais da metade das autuações, foram registradas pelos radares de controle de velocidade. Foram 58.289 multas no período. Em fevereiro, quando 80 equipamentos começaram a funcionar, 5.610 autuações foram emitidas.

Em março, houve o registro de mais 32.996 multas por excesso de velocidade flagradas por radares e, em abril, outras 19.683.

Veja aqui a localização dos 40 equipamentos instalados pelo município.

Avanços de semáforo respondem por 23.352 multas

O segundo maior número de multas registradas nos quatro primeiros meses de 2018 também foi emitido pela fiscalização eletrônica.

Foram 23.352 autuações registradas pelos equipamentos que controlam o avanço do sinal vermelho nos semáforos.

Em janeiro, foram 1.568 multas e, em fevereiro, mais 4.956. No mês de março, o número de autuações subiu para 5.673 e, em abril, chegou a 5.858.

Em relação às infrações nas áreas demarcadas pelo Estacionamento Regulamentado (Estar), houve o registro de 8.495 multas nos quatro primeiros meses do ano.

Os agentes de trânsito da Semob aplicaram mais 13.815 multas de janeiro a abril de 2018 e a Polícia Militar emitir 228 autuações no mesmo período.

O balanço completo das autuações registradas pela Semob pode ser acessado aqui.

Para Semob, radares ajudaram a reduzir mortes

“O elevado número de infrações comprovam que o excesso de velocidade é uma realidade e uma das principais causas de acidentes”, afirma o secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur.

De acordo com a Semob, após a instalação dos radares em quarenta pontos de Maringá, a violência no trânsito da cidade diminuiu.

Em Março, foram registrados 603 acidentes e três mortes, em abril foram contabilizados 575 acidentes e quatro mortes e, em maio, foram 518 acidentes e duas mortes.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS

Você sabe o que tem no Mercadão de Maringá? Veja o...

Aromas, sabores e culinárias de diversas regiões do Brasil e do mundo se misturam nos corredores do Mercadão de Maringá. Inaugurado em outubro de...

Conheça dez badalados salões de beleza de Maringá. Confira a sofisticação,...

Tirar um momento para cuidar da beleza é mais do que um luxo, é uma necessidade. O guia de salões do Maringá Post listou...

Veja a programação completa dos centros esportivos de Maringá para o...

A "rotina apertada" e a "falta de tempo" são algumas das desculpas mais comuns quando o assunto é sobre a necessidade de praticar atividades...

Confira cinco opções de churrascarias de Maringá e região que servem...

O churrasco, mais que uma refeição, é um rito social que une as pessoas. Pode ser em casa ou em uma churrascaria comercial, de...

Conheça 8 pousadas e hotéis fazenda a menos de 100 km...

Com a correira do dia a dia, sair um pouco da rotina e curtir um final de semana com a família é quase uma...

Saiba onde encontrar comida vegetariana e vegana em Maringá. Há casas...

A oferta de comida vegetariana e vegana cresceu muito nos últimos anos. Em Maringá, há restaurantes especializados na oferta de opções vegetarianas e veganas...