Licitação para os serviços do Baile dos Pioneiros de Maringá e outras festas é parcialmente deserta, mas o buffet, a música e as lembranças estão garantidas

Por: - 8 de junho de 2018

A produção do tradicional Baile dos Pioneiros, que este ano será realizado pela 23ª vez, deu um passo importante na manhã desta sexta-feira (8/6).  Embora parte do pregão presencial para a contratações de serviços diversos tenha dado deserta, os itens essenciais para a realização do baile foram arrematados.

Ainda há prazo para eventuais recursos, contrarrazões, homologação e contratação, mas a festa que reúne centenas de pioneiros maringaenses só será realizada no dia 7 de julho, no Parque do Japão. No pregão desta sexta-feira foram arrematados os lotes para contratação do buffet, por R$ 24 mil – o máximo previsto era R$ 26 mil.

No cardápio da tarde de sábado, que deverá reunir 630 pessoas, terá empadões de frango e palpito, guichê de legumes, esfirras de carne e pizza enrolada de presunto e mussarela. Serão servidos sucos, refrigerantes e água mineral e, de sobremesa, salada de frutas sem açúcar.

O que não está assegurado, por não haver empresa disposta a dar lance, é a contratação dos 15 instrutores de dança, vestidos de terno preto, para animar as senhorinhas. O preço máximo previsto na licitação era de R$ 3.105. Os presentes no baile poderão levar uma foto com a inscrição “Baile dos Pioneiros”. O serviço foi arrematado por R$ 4,150 mil.

No total máximo previsto para o pregão que teve o edital publicado no dia 23 de maio era de R$ 1,020 milhão, mas nesta manhã a soma dos lances validados chegou a R$ 395 mil. A licitação foi dividida em 2 lotes, que continham 17 itens, mas quatro foram desertos.

Entre os quatro itens desertos, está o de maior valor. Prevê a contratação de serviços de transcrição de áudios, no valor máximo de R$ 473 mil. Também não tiveram interessados nos itens para ensaio, instrução e orientação de danças, afinação de piano e apresentações artísticas.

Os serviços contratados também serão realizados do calendário oficial do município, como Festa das Nações, Festa da Canção, Festa Junina do Seu Zico, Festival de Música Cidade Canção (FEMUCIC), desfile de aniversário, Festa Literária de Maringá (FLIM), Virada Cultural, Chegada do Papai Noel, Semana da Cultura, Festival Afro e Carnaval.

O item que previa a contratação de 20 bandas, de estilos variados, com no mínimo quatro integrantes, para tocar por 1h30 em cada evento, foi arrematado. A Prefeitura de Maringá estava disposta a pagar R$ 36 mil e o lote foi arrematado por R$ 29 mil. Quanto aos itens que deram deserto, a prefeitura estuda a realização de nova licitação.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.