Deputado federal maringaense Enio Verri (PT) segue orientação da direção nacional do partido e inclui “Lula” no seu nome parlamentar, em solidariedade ao ex-presidente

Por: - 11 de abril de 2018
Enio Verri
Levantamento aponto que o deputado petista Enio Verri foi o pior legislador do Paraná em 2017

Como ato de solidariedade e estratégia para manter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  em evidência no cotidiano da vida política, 60 dos 61 deputados federais do PT encaminharam ofício à Mesa Diretora da Câmara Federal  solicitando que a palavra “Lula” seja incluída em seus respectivos nomes.

O Gabinete do deputado federal maringaense, Enio Verri (PT), encaminhou ofício neste sentido, sob o número 073/2018, ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), nesta terça-feira (10/4), com o seguinte teor:

Informo, para as devidas alterações funcionais, que passarei a usar o nome parlamentar Enio Lula Verri, em substituição a Enio Verri.

O deputado, por telefone, disse nesta quarta-feira (11/4) que a ideia é que o nome Lula passe a constar no painel de votação da Câmara dos Deputados e que seguiu a orientação da direção nacional do PT, assim como os 61 deputados federais e alguns deputados estaduais, como da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Ofício do Gabinete do Deputado Federal Enio Verri (PT), que passa a ter Lula no nome parlamentar

“Não vou mudar o meu nome para o uso cotidiano, nem em nenhum documento. É apenas para uso no Congresso Nacional, como solidariedade ao presidente Lula”, explicou o deputado, que se encontra em Brasília.

Consultado, o presidente da Câmara de Maringá, vereador Mário Verri (PT), disse que soube da estratégia na manhã desta quarta-feira e que ainda não pensou sobre a sugestão, mas acredita que será procurado pela direção do partido para tratar do assunto.

O seu colega de bancada, vereador Carlos Mariucci (PT), também disse que não decidiu sobre o assunto, que “está sendo estudado”. Os dois vereadores acenaram com a possibilidade de anunciar uma decisão, de incluir ou não o “Lula” nos seus respectivos  nomes parlamentar, ainda durante a tarde desta quarta-feira.

Ainda não há uma definição oficial por parte do PT, mas também não se pode descartar, que a mesma estratégia seja utilizada nas eleições deste ano, ou seja, orientar todos os candidatos do partido a deputado estadual, deputado federal e senador, a acrescentar o nome “Lula” nos registros de candidatura e de urna.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.