Licitação para compra de 30 veículos aguarda homologação de Ulisses Maia, que deve ocorrer este mês

Por: - 25 de setembro de 2017
homologar licitação
Para que os veículos sejam comprados o prefeito Ulisses Maia (PDT) precisa homologar a licitação (Imagem/ Câmara Municipal de Maringá)

A licitação para a compra de trinta veículos, realizada em forma de pregão eletrônico pela Prefeitura de Maringá, aguarda a homologação do prefeito Ulisses Maia (PDT).

Segundo o diretor de licitações Coronel Lage, a homologação deve ocorrer ainda neste mês. Os veículos (sedã) vão atender as necessidades das secretarias e órgãos municipais e comprados conforme a necessidade da administração.

A secretaria de Patrimônio Compras e Logística (SEPAT) definiu o valor máximo de R$ 1,35 milhão para a compra dos 30 veículos. O processo de lances foi realizado no dia 19 de setembro e a Renault ofertou o menor preço, R$ 1,2 milhão, e venceu a licitação.

Lage afirma que a licitação não compromete o orçamento e foi feita por meio do Sistema de Registro de Preços. Essa modalidade permite que a prefeitura não compre todos os veículos de uma vez, mas adquira conforme a necessidade de cada secretaria.

Porém o diretor acredita que os trinta veículos serão comprados pela prefeitura durante os 12 meses de vigência da licitação. Segundo Lage, a última aquisição de veículos foi em 2009 e que a frota precisa ser renovada.

Lage disse ainda que está sendo programado um leilão de sucatas e lenhas pela prefeitura: “Este ano o leilão sai, mais tem que montar as comissões. Tudo em órgão público tem que seguir as normas”, afirma.

Secretarias ainda farão as solicitações

A partir da homologação da licitação, será liberado para cada secretaria fazer o pedido. Segundo coronel, existem várias órgãos que precisam de veículos, como a SEPAT e a Guarda Municipal.

Lage afirma que mais de 60% das licitações da prefeitura seguem o modelo just in time –modalidade que permite que tudo deve ser comprado no momento certo.

As licitações que seguem esse modelo devem apresentar alguns requisitos, como atender a várias secretarias ao mesmo tempo.

A licitação da compra dos veículos foi “realizada na modalidade de pregão eletrônico e  todas as empresas do Brasil tiveram a oportunidade de participar”.

O Coronel diz que “a prefeitura pensa em economia e para a licitação tem que ser um veículo bom, que atenda as necessidades das secretarias”.

Renault faz menor lance

  • Renault do Brasil SA – lance de R$ 1.229.820,00
  • Emporium Construtora, Comércio e Serviço – lance de R$ 1.313.400,00
  • Volkswagen do Brasil Indústria de Veículos – lance de R$ 1.313.885,00

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.